NOTÍCIA ANTERIOR

Vem ai o Madrugadão Zema. Não fique fora dessa!!

PRÓXIMA NOTÍCIA

Conquistense é assassinado a facadas dentro de centro de recuperação; vítima foi identificada

Editorial: Que nada de Réveillon, Caetité vai de Lavagem da Esquina do Padre e Carnaval da Diversidade.

Data publicação: 02/01/2019

Todos sabem que a situação financeira nos municípios baianos não é fácil, e que diversos prefeitos cancelaram suas festas de fim de ano. Observando com os meus humildes olhos as postagens pelas redes sociais a cerca dos assuntos e  do "maravilhoso show de Zezé de Camargo e Luciano em Guanambi" me surgiu uma duvida angustiante. Vamos aos fatos.


Inúmeras pessoas questionando a não realização da festa da virada de ano em Caetité. Só a caráter de informação, se salvo não me engano, nossa querida cidade historicamente não tem o costume de realizar tal feito. Me lembro apesar da minha pouca idade, apenas das glamourosas festas realizadas em clubes, com boas serestas, bandas bailes, que animavam a população local e visitantes; que por sinal não eram baratas. Tinham que pagar.  Não me lembro de polposas festas na Praça da Catedral realizada pela prefeitura.


Em outra questão, Caetité com toda certeza está no topo das cidades da região em realizações de comemorações durante o ano. Vamos contar? Lavagem da Esquina do Padre e Carnaval da Diversidade (03 dias), Terno de Reis (01 dia), Forró dos Bairros (01 mês todo), Festa de Santana (07 dias), 02 de Julho (02 dias), Festa da Mandioca de Maniaçu (02 dias). 07 de setembro de Brejinho e Pajeú (04 dias). Festa da Padroeira em Santa Luzia (02 dias), além de todo um aparato de festas espalhadas pelas comunidades. Agora a duvida. Porque tanta angustia em torno do Réveillon? Será que não estamos reclamando de barriga cheia? Estamos parecendo gato de hotel. Come, come e continua miando. 


Ora bolas, a soma é simples, calcule e veja como somos bens ofertados em termo de festas. Sinceramente em pleno gozo de consciência um administrador em Caetité, sendo ele coca, jacú, canarinho ou sei lá que bicho..., realmente teria a necessidade de realizar uma festa no fim de ano e novamente fazer outra em apenas 20 dias? No minimo plausível  e coerente não realizar. Há.  Ficarei super feliz, quando surgirem os cometários no roda-pé do link da notícia no Facebook. Adoro toda aquela movimentação e como as pessoas interagem com o site diariamente! Se não fosse para gerar cometários nem com notícias a gente mexeria. 


Agora, de uma coisa tenho convicção. Que nada de Réveillon, eu vou, você vai, eles vão, elas vão  é na cultura da Lavagem da Esquina do Padre e no  Carnaval da Diversidade. E não venha me dizer que não gosta! Detalhe: 03 dias de festa. Afinal, melhor ter três dias do que lamentar um dia de festa da cidade vizinha. Um abraço a todos e que comecem os jogos! 

Da redação CN.


Caetité Notícias © Copyright 2011 - 2017, Todos os direitos reservados Desenvolvido por WSouza Sistemas