NOTÍCIA ANTERIOR

Não escovar os dentes aumenta risco de disfunção erétil, diz estudo

PRÓXIMA NOTÍCIA

Reeleito, presidente da UPB defende candidatura de Otto ao governo em 2022

Prefeito de Carinhanha será intimados para interrogatório por calúnia e difamação contra ex-prefeita Chica do PT

Data publicação: 09/01/2019

A Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA), através da Polícia Civil, intimará o prefeito Geraldo Pereira Costa (Piau) a depor sobre os crimes contra honra da ex-prefeita de Carinhanha, Chica do PT, cometidos através de veículo de comunicação. Acusado de calúnia e difamação, Piau, pela atual condição de prefeito, deverá prestar depoimento na capital.


O comerciante Claudionor Messias de Brito (Nô de Joaquim de Te) também será intimado em Carinhanha para responder sobre ofensas feitas através do aplicativo de mensagens WhatsApp. A celeridade nas investigações é fruto do empenho do secretário da SSP-BA, Maurício Barbosa, que tomou conhecimento dos fatos em audiência solicitada pela secretária de Política para Mulheres do Estado da Bahia (SPM-BA), Julieta Palmeira.


A ex-prefeita e testemunhas arroladas nos processos foram ouvidas nesta terça-feira (08), pelo titular da 22ª Coordenadoria Regional da Polícia do Interior (Coorpin), delegado Clécio Magalhães, em Guanambi.


Entenda o caso:

 No último dia 19 de novembro de 2018, em entrevista ao vivo em rádio local, o prefeito de Carinhanha, Geraldo Pereira Costa (Piau), acusa a ex-prefeita da cidade, Chica do PT, de desvio de verbas e má conduta durante seu período de gestão. Dias após, o comerciante Claudionor Messias de Brito, conhecido como Nó de Joaquim de Te, no grupo de WhatsApp   “Carinhanha  Debate”, divulgou áudios que ofendiam a honra de Chica e de familiares, usando palavras de conteúdo sexual, misóginas e machistas. Os fatos foram registrados na delegacia do município de Carinhanha, no último dia 30 de novembro. Desde então, a ex-prefeita, tem acionado os órgãos de proteção e direitos da mulher, com apoio da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (Alba), Ordem dos Advogados da Bahia (OAB-BA), Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA), Redes de Enfrentamento à Violência contra Mulher e Secretaria Estadual de Políticas para Mulheres (SPM-BA).

Ascom Chica do PT






Caetité Notícias © Copyright 2011 - 2017, Todos os direitos reservados Desenvolvido por WSouza Sistemas